derredor, meu amor

obvious91

(inesperada pularei na luz, assim do nada – antes no escuro, agora revelada!)

sei que tudo que me escapa tudo que me nada não passa de espuma dos mares das bocas dos sexos das palavras que dissolvem e se dispersam de um pensamento que se desfaz de uma criança que me corre atrás como se meu passado não fosse o que ainda virá como quando com meu ainda pai em seu pragmático estupor: tudo proteína, menina, tudo vapor!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s